[RESENHA] 7 Viram Trinta e 7 - Kathy Krauser
Home Autora Kathy Krauser [RESENHA] 7 Viram Trinta e 7 – Kathy Krauser

[RESENHA] 7 Viram Trinta e 7 – Kathy Krauser

Por Ana Carolina
0 Comentário
No livro 7 viram trinta e 7, vamos ver a história de trinta e sete personagens, a partir de dezessete momentos diferentes.
Luiz bate no carro da Violeta, Madalena interviu na discussão. Eva resgatou Manuel. Thiago e Camila estavam com fome. São esses sete destinos entrelaçados em um assalto que darão origem a outros trinta, a partir de uma trama que não segue uma regra de começo, meio e fim, contada em dezessete momentos diferentes. Na trama, vamos encontrar fantasia, amor e uma boa crítica social, sem deixar várias doses de humor.
A princípio, você pode até achar a trama confusa, mas calma, tudo de ajeita! Todos os trinta e sete personagens têm suas próprias histórias, além das tramas entrelaçadas. Além de tudo, temos um ponto que tem um grande destaque na trama: as ligações amorosas e a necessidade que os personagens têm de amar.
Resumidamente, é um livro maravilhosamente incrível! Me surpreendi positivamente com a leitura, foi meu livro de estreia da autora e eu simplesmente amei! Ela soube como interligar todos os personagens e criar suas histórias individualmente.
O livro é tão bom, que quando você percebe já terminou, com uma trama muito bem desenvolvida, personagens muito bem construídos, uma capa linda que tem tudo a ver com a história, a vontade que eu senti foi de guardar em um potinho de tão legal que é! Não encontrei nenhum erro ortográfico, a arte e a diagramação estão impecáveis!

Recomendo muito a leitura!

  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.8

Ficha Técnica

7 viram trinta e 7 por [Krauser, Kathy]Luiz bateu no carro de Violeta. Madalena interviu na discussão. Eva resgatou Manuel. Thiago e Camila estavam com fome. Esses sete destinos entrelaçados em um assalto darão origem a outros trinta.
Reféns da imaginação, da incompreensão, da ingenuidade e da esperteza das crianças. Reféns das coincidências, dos acidentes, das injustiças e da rotina.
Reféns do amor, do ciúmes e da falta de comunicação.
Reféns dos traumas, do ódio e da loucura.
Reféns do trabalho exacerbado e do culto à perfeição.
Reféns dos sonhos mirabolantes da humanidade, das invenções tecnológicas e da falta de privacidade.
Reféns de uma planta e da efemeridade da vida.
São trinta e sete personagens como nós. Incansáveis sonhadores. Curiosos inventores. Gentis destruidores.
Corajosos apaixonados. Imprevisíveis covardes. Irrefreáveis loucos. Seres humanos sem noção. Quem não é um pouco?

Número de páginas: 178 páginas
Editora:
Classificação Indicativa: +14

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário