[RESENHA] A Barraca do Beijo - A Barraca do Beijo #01 - Beth Reekles
Home Autora Beth Reekles [RESENHA] A Barraca do Beijo – Beth Reekles

[RESENHA] A Barraca do Beijo – Beth Reekles

Por Ana Carolina
0 Comentário
Em A Barraca do Beijo vamos conhecer a história de Elle Evans e Lee Flynn, dois amigos inseparáveis e porto seguros um do outro, que nasceram no mesmo dia, cresceram juntos e suas mães sempre foram melhores amigas.
A vida de ambos era relativamente boa, porém, o único problema entre os dois chama-se Noah, irmão mais velho de Lee.
Noah é popular e lindo e desde sempre Elle é apaixonada por ele, porém, graças a um acordo com Lee, se conformou em nunca se envolver com ele. Os dois constantemente estão se alfinetando e se provocando.
Como membros do Grêmio Estudantil da escola, Lee e Elle precisam fazer algo para o Festival de Primavera, e como querem fazer a melhor atração do evento, decidem fazer uma barraca do beijo, como nunca beijou nenhum garoto e com a certeza que não precisará trabalhar na barraca, Elle, simplesmente adorou a ideia.
O que ela não esperava, era que uma confusão fosse obrigá-la a ser uma das meninas da barraca do beijo, e muito menos que o garoto que a beijasse fosse, ninguém menos que Noah Flynn. Após o beijo, que deixou Elle ao mesmo tempo confusa e feliz, ela começa a perceber que tanta implicância e discussão escondiam outros sentimentos.
Depois do ocorrido, fica obvio que Elle e Noah não conseguem mais negar a atração que sentem, porém sabem que Lee nunca aceitaria, pela promessa que fizeram e pelo fato de Lee, considerar Noah um mulherengo. Sendo assim, a única solução é manterem o relacionamento escondido.
A situação começa se complicar porque Elle não consegue mentir para Lee e saber que sua mentira pode estremecer a amizade, acaba cada dia com ela e a deixa cada vez mais dividida, pois ela tem sentimentos fortes por Noah, mas ao mesmo tempo sofre por mentir para Lee, já que ele é a pessoa mais importante da vida dela e ela faria tudo por ele e para salvar amizade dos dois, até mesmo se afastar de Noah.
A relação entre Noah e Elle é, então, marcada por discussões e mentiras, Noah tem uma personalidade muito difícil, pois é muito ciumento e protetor, e Elle por sua vez não aceita tanta proteção, o que sempre o leva a ter comportamento muito agressivo.
A história apresenta cenas fofas e bonitinhas entre Elle e Noah, porém o relacionamento quase abusivo e ciúmes excessivo de Noah me deixaram com uma irritação muito grande. Esses fatos me desmotivaram um pouco, confesso, fica bem claro que a real intenção da autora, creio eu seja ter retratado um romance bem jovem, quase infantil, marcado pela insegurança e imaturidade.
Um pouco completamente diferente do foco da trama e que me chamou muita atenção, foi o valor de uma verdadeira amizade, onde nada no mundo é mais importante que mantermos por perto os amigos, o velho clichê de melhores amigos que descobrem estar apaixonados não existe aqui, mas sim a prova que existe, sim, amizade verdadeira entre homem e mulher.
A história tem uma escrita leve, personagens bem desenvolvidos, não encontrei nenhum erro ortográfico e a diagramação está impecável, minha versão do livro é a com a capa do filme, o que particularmente, achei muito legal!
Se você é fã de um bom romance juvenil, recomendo a leitura.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.4

Ficha Técnica

ELLE EVANS é o que toda garota quer ser: bonita e popular. Mas ela nunca foi beijada. NOAH FLYNN é lindo e um tanto quando bad boy – tá, o maior bad boy da escola – e o rei dos joguinhos de sedução. A verdade é que Elle sempre teve uma queda pelo jeito descolado de Noah, que, por coincidência, é o irmão mais velho de seu melhor amigo, Lee. Essa paixão cresce ainda mais quando Elle e Lee decidem organizar uma barraca do beijo no festival da Primavera da escola e Noah acaba aparecendo por lá. Mas o romance desses dois está bem longe de ser um conto de fadas. Será que Elle vai acabar com o coração partido ou conseguirá conquistar de vez o bad boy Noah?

Número de páginas: 336 páginas
Editora: Astral Cultural
Classificação Indicativa: +16

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário