[RESENHA] Coração Sombrio - Hades Hangmen #02 - Tillie Cole
Home Autora Tillie Cole [RESENHA] Coração Sombrio – Hades Hangmen #02 – Tillie Cole

[RESENHA] Coração Sombrio – Hades Hangmen #02 – Tillie Cole

por Yukie
576 visualizações
Coração Sombrio com certeza teve bem mais o lado “romance dark”, se comparado com Prelúdio Sombrio.
Neste livro vamos conhecer a história de Lilah e Ky.
Lilah acabou de “fugir” da comuna. A seita religiosa fanática. Ela sofreu uma enorme lavagem cerebral e acredita que sua beleza é algo ruim, algo “do diabo”. Crescer em meio a esse “ensinamento” fez com que ela parecesse um “robô” da comuna e acredita que eles retornarão, e irão leva-la para livra-la do “demônio” que está em seu corpo e atraindo os homens para si. Em meio a toda essa lavagem cerebral, ela se vê em um mundo onde não conhece, experimentando coisas que não entende e convivendo com pessoas completamente diferente de tudo.
Ky é um vice-presidente de um moto clube. Cresceu ouvindo e acreditando que mulheres são objetos, até precisar cuidar e “ensinar” a deslumbrante e puritana Lilah. Ele sabia que estava atraído por ela, mas quanto mais convivia, mais o sentimento crescia. E apesar de todos os “passos para trás” que Lilah dava, Ky estava ali por ela, para ela, Lilah só demorou para compreender isso.
Até que o passado de Lilah volta e ela toma um enorme choque de realidade e as coisas saírem do controle.
Antes de tudo, preciso dizer que “a falta” de dark que senti no primeiro livro, neste teve uma alta dose.
Entre lavagem cerebral, a alienação, pedofilia, estupro e mortes, eu gostei de conhecer Ky e Lilah. Ela é inocente e totalmente alienada, além de ter sido abandonada por “ser muito linda” e ter sofrido na mão de sua família, Lilah também sofreu na comuna, mas acreditava merecer e isso doeu em mim, pelos sentimentos e em como a cabeça dela ficou por conta de tudo.
Foi triste ver essa mulher sofrer tudo o que sofreu e ainda precisar lidar com a sua própria mente e tormentos.
Ky foi sua salvação, com certeza. Ele é bruto e sinceramente, em alguns momentos ele me irritou. Porém ele foi melhorando ou como ele mesmo disse, ela o mudou. Vi ganhar maturidade e adorei esse homem depois disso.
Continuou sendo convencido e levando uma “vida errada”? Sim, ele continuou, mas Ky com certeza mudou, ele se “transformou” em um homem “melhor”.
É um livro, de certa forma, triste. Ele mostra, apesar de haver muita ficção, a realidade de muitas mulheres, porque sim essas “seitas” religiosas existem no mundo e como a própria autora disse no início do livro, é baseado em relatos reais.
Como o livro é contado em primeira pessoa, intercalando os pontos de vista, acompanhar a mente perturbada de Lilah foi bem doloroso. Ver a mulher conhecendo o mundo pela primeira vez, juro que me deu vontade de chorar. Ver o quanto ela sofreu, me fez ficar revoltada, para dizer o mínimo.
“- Você me deixou comer com vocês – ela disse baixinho.
[…]
– Você cozinha, senta e come com a gente. Simples.
– Mas você me deixou comer com vocês – ela enfatizou, e vi mais lágrimas deslizarem pelas bochechas. Ela estava olhando para mim como se nunca tivesse me visto antes. Como se eu fosse algo especial e não uma merda de homem forçado a cuidar dela. – Ky…. – ela continuou: – Nenhum homem jamais me deixou fazer isso antes.”
Como eu disse, esse livro é muito bom. A capa do livro é linda e manteve a identidade visual do primeiro, algo que adorei. A diagramação do livro também está boa, só a revisão final precisa ser revista. Foram erros mínimos, bem pequenos mesmo e não atrapalhou em nada a leitura, mas estão ali.
No geral, eu amei o livro. Quis bater em alguns momentos no Ky, quis sacudir a Lilah, mas entendi os dois. Não perdoarei algumas pessoas ali e com certeza mal posso esperar para ler o próximo livro.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.7

Ficha Técnica

Resultado de imagem para coração sombrio tillie coleAté a salvação pode ser alcançada através do amor dos condenados… A beleza pode ser uma maldição. A fé pode ser uma prisão. Apenas o amor pode te libertar. Algumas semanas depois de ter sido relutantemente arrancada dos braços reconfortantes da comuna religiosa de seu profeta sagrado, a única vida que ela conhecia, uma aterrorizada Delilah é jogada em um mundo comandado pelo mal e inundado de pecados. Fielmente devota à sua fé, e mantendo a profunda crença de que sua alma está manchada por ser uma ‘Mulher Amaldiçoada de Eva’, Delilah está determinada a encontrar o caminho de volta para casa, para o seu povo na Ordem e longe do grupo maldito de motociclistas foras da lei, o Hades Hangmen, que a mantêm em seu complexo isolada para sua proteção; uma “proteção” da qual ela se ressente fortemente. Delilah anseia por voltar para casa, convencida de que somente entre seu próprio povo, e sob a santa orientação do profeta revelado pelo Senhor, a alma criada por Satanás poderá ser verdadeiramente salva. A jovem foi condicionada sua vida inteira para acreditar que é uma bruxa, uma sedutora, a prostituta do diabo… Ela se ressente cada vez mais com seu lindo rosto, seu corpo bem torneado e seu efeito sensual nos homens. Mas quando um homem do Hades Hangmen, um homem profundamente pecador, mas incrivelmente bonito, é encarregado de cuidar dela, Delilah começa a ver que apesar desse exterior de pecador perigoso e sem moral, ele pode oferecer algo que ela não sabia que poderia realmente existir: amor incondicional. Kyler ‘Ky’ Willis ama sua vida: a camaradagem com seus irmãos de clube, bebidas, a liberdade da estrada vazia e, o melhor de tudo: mulheres gostosas em abundância. Começou na patente mais baixa e agora é o VP do mais notório clube de motociclistas dos Estados Unidos; Ky não tem problemas em encontrar mulheres para aquecer sua cama, e essa é uma situação que ele não tem problema de tirar vantagem… Até que uma certa loira entra em sua vida; uma loirinha de rosto angelical e que ele não consegue mais tirar da cabeça… Uma loira que ele e seu clube resgataram recentemente de uma seita religiosa… e que lhe ordenaram que se mantivesse o mais afastado, assim como as suas mãos sujas. Quando mais uma briga de bêbados força Ky a relutantemente ficar a cargo dos cuidados da loira angelical, ele percebe que poderia haver mais nessa mulher do que apenas a aparência de supermodelo e seios grandes. Ele começa a ver que ela poderia ser a mulher que faria o impossível: domesticar seu lado selvagem e capturar seu coração sombrio. Mas os laços de Delilah com o seu passado ainda são fortes, seu “povo” está ainda mais determinado e, com um novo profeta no comando e sedento por vingança, eles podem estar um tanto relutantes em deixá-la ir…

Romance Dark Contemporâneo/ New Adult. Contém situações sexuais, violência, assuntos sensíveis e tabus, linguagem ofensiva e tópicos maduros. Recomendado para maiores de 18 anos.

Número de páginas: 359 páginas
Editora: The Gift Box
Classificação Indicativa: +18

Talvez você goste

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »