Home Autora Vanessa Lopes Entrevista com a autora Vanessa Lopes

Entrevista com a autora Vanessa Lopes

by Yukie
Vocês conhecem já conhecem a Vanessa Lopes ou os livros maravilhosos que ela escreve?
Vanessa Lopes é paulistana, produtora de eventos e apaixonada pelo mar. Sua carreira como escritora começou em 2013 quando publicou o seu primeiro livro, Minha Estrela. Mas o amor pela escrita surgiu muitos anos antes. Influenciada pela mãe, sempre amou a leitura, e quando passou a questionar as muitas histórias que lia, resolveu escrever as suas próprias histórias. Romântica assumida, e uma pessoa que tem a família e a fé como base da vida, se dedica a escrever romances e a mostrar que o amor sempre será o melhor caminho para tudo na vida.Ela é uma autora nacional incrível e aceitou responder algumas perguntas sobre ela!
Vem conferir essa entrevista incrível que ela nos deu!1 – Como surgiu a ideia de escrever e quais foram suas maiores dificuldades?
R: Surgiu por conta da minha paixão por ler. Quando lia ficava imaginando muitas outras cenas ou possibilidades para a história, então resolvi criar minhas próprias histórias.
A maior dificuldade foi, no começo, organizar as ideias, porque eu pensava mil coisas ao mesmo tempo, mas com o passar do tempo fui pegando o jeito e desenvolvendo o “jeitinho Vanessa” de me organizar.

2 – O que você mais gosta em ser uma escritora?
R: A liberdade que tenho de criar, de tirar da minha mente tudo o que penso, de dar voz a criatividade e, principalmente, de levar amor e carinho as pessoas que leem minhas histórias.

3 – Como você lida com o bloqueio criativo? Já aconteceu com você enquanto estava escrevendo algum dos seus livros?
R: Eu tenho um sério problema de bloqueio criativo, o último que tive foi enquanto escrevia o livro ‘Além do Poder’, que durou, entre idas e vindas, mais de um ano. Não consigo criar se não estiver bem emocionalmente. Isso é horrível. Quando acontece, não me pressiono, deixo as coisas voltarem ao normal, leio bastante, isso me relaxa e me inspira a voltar a escrever.

4 – Quando você começou a escrever, escrevia para você ou já tinha planos de publica-los?
R: Sempre escrevi só para mim, morria de vergonha que soubessem que eu escrevia. Até que tive coragem de mostrar para minha mãe (que sempre foi uma leitora voraz), que amou e me incentivou a mostrar para outras pessoas. Foi aí que resolvi publicar meu primeiro livro, ‘Minha Estrela’, no Wattpad. Nunca imaginei que se tornaria a maior paixão da minha vida.

5 – Quais autores nacionais e internacionais te inspiram?
R: Entre as várias nacionais que admiro e me inspiram, Nana Pauvolih é minha diva master, que amo de paixão e me inspira a cada livro novo dela que leio.
Internacional: Nicholas Sparks no romance e drama. Harlan Coben no mistério/suspense. Os gêneros que mais amo.

6 – Quando descobriu que suas histórias poderiam se tornar livros?
R: No começo escrevia só versos e poemas, quando surgiu a ideia da minha primeira história, já a imaginei como um livro. Fiquei muito insegura, achava que não teria capacidade de escrever uma história completa para se tornar um livro, mas foi só começar que a coisa fluiu. Acho que era pra ser mesmo.

7 – Como surgem as histórias em sua mente? Há algo especial que te inspira?
R: É meio que inexplicável a maneira que uma história surge, é algo que vem e quando me dou conta já tenho tudo em mente, depois só desenvolver o colocar no “papel”. A vida é minha inspiração, as coisas e pessoas que estão em nosso dia a dia, as histórias que vemos e ouvimos. Mas o amor, em todos os sentidos, é minha maior inspiração. Gosto muito de falar sobre o amor, não só o amor romântico, mas o amor em todas as formas. Acredito que o amor rege a vida de qualquer pessoa, que é o sentimento que mais inspira o ser humano em várias situações.

8 – O que te impulsionou a ser uma escritora?
R: A paixão por ler que depois se tornou por escrever. O que era só um hobby, virou minha profissão, parte de mim, algo indispensável em minha vida.

9 – Se você pudesse escolher um dos seus livros que te marcou muito, qual seria?
R: Cada livro que escrevi tem algo de muito especial para mim e marcou um momento da minha vida, mas o ‘Minha Estrela’ é o meu queridinho. Foi ele que me apresentou aos meus leitores, me fez conhecer mais a fundo o mundo da escrita, que me apresentou a pessoas incríveis, que me fez eu me apaixonar ainda mais pela escrita e sentir que eu estava no caminho certo, que havia nascido para escrever.

10 – Tem planos de lançar mais livros esse ano?
R: Tenhoooo! Estou escrevendo um romance meio ficção científica, que está sendo um desafio e tanto. ‘Guardiões do Amor’ está me fazendo quebrar a cabeça, mas estou amando a experiência. Pretendo lançar até o final do ano.

11 – Está à procura de alguma editora para seus livros ou acha que os lançamentos independentes são melhores?
R: Gosto muito da publicação independente, acho que ajuda demais, principalmente os autores iniciantes. Mas estou sempre à procura de uma editora (risos), o que é bem difícil. Mas sei que tudo tem um momento certo para acontecer.

Talvez você vá gostar

Deixe um comentário