13 Segundos - Bel Rodrigues
Home Autora Bel Rodrigues [RESENHA] 13 Segundos – Bel Rodrigues
 “— Como pude deixar ele dominar tão bem meus sentimentos? Como pude entregar meu coração a uma pessoa tão pequena? – questionei, mas sem querer ouvir as respostas.— Lola, olha para mim. O seu coração está em boas mãos agora. Nas suas.”
13 Segundos é um livro principalmente sobre empoderamento. Ele expõe e critica preconceitos enraizados na nossa sociedade. Ao mesmo tempo que nos diverte, ele incomoda. Incomoda por apontar que, como mulher, estamos expostas a julgamentos e a opressão. Incomoda porque discute sobre o preconceito, e como as pessoas são afetadas diretamente e indiretamente por ele. Mas ao mesmo tempo que ele nos deixa inquieto, ele nos conforta, pois nos apresenta personagens fortes, que encaram e batem de frente com esses ataques, e mostram que juntas, conseguimos superar e seguir nossos sonhos. Até mesmo quando alguém tenta destruir tudo com apenas 13 segundos.
A história é sobre Lola, que está no seu último ano do ensino médio e está voltando aos eixos, após sair de um relacionamento abusivo, que exigiu muito de si para terminar. Ela lida de uma forma muito madura com o término e tenta conciliar os estudos e a superação, buscando se conhecer e se amar mais, sem depender de ninguém, além de si mesma.
Durante a narrativa vamos conhecendo os amigos de Lola, e um garoto com quem ela havia saído e ficado por uma vez, e coincidentemente – ou não – estava na mesma sala que ela. Há várias festinhas e conversas entre eles, o que nos permite conhecer mais sobre cada um, e tenho que elogiar a maneira como a Bel desenvolveu os personagens, que são bem construídos e esféricos, e a cada página, eu me identificava com alguém. Mesmo que o livro seja majoritariamente escrito pela Lola, conseguia entender bem os outros personagens, e essa expansão e singularidade deles é importante e deu representatividade ao livro. Os personagens são bem diferentes um do outro e isso não era algo ruim, na verdade, as personalidades, perspectivas, orientação sexual, físico, estilo e opiniões diferentes deram vida ao livro.
A capa é um dos meus amores, foi muito bem desenhada e dá para ver que foi feita com muito carinho, assim como todo o livro. Vi alguns erros ortográficos, mas não foi nada que atrapalhasse a leitura.
De modo geral, eu adorei a história, a leitura fluía e foi bem rápida, mas senti falta de uma exploração maior do tema principal, que seria “revenge porn”. Queria saber mais sobre como essa exposição na internet afeta a vida da pessoa e como a sociedade responsabiliza a vítima (na maior parte mulheres) por ter sua foto ou vídeo vazado na internet. Como essa discussão só foi apresentada no final do livro e não foi muito desenvolvida, foi algo que senti bastante falta.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.1

Ficha Técnica

O primeiro livro solo de Bel Rodrigues mostra como o machismo pode, em apenas 13 segundos, mudar completamente a vida de uma garota. Lola está no último ano do ensino médio e acabou de terminar um relacionamento. Ela sabe que foi a melhor decisão, mas ainda assim não é fácil encarar o vestibular e um coração partido ao mesmo tempo. Tudo que Lola quer agora é colocar a vida em ordem, descobrir a si mesma e reavaliar suas prioridades. Sua maior paixão é o canto, e por isso, incentivada pelos amigos, ela cria um canal no Youtube onde posta covers de suas músicas favoritas. Ela também quer se divertir, sair para beber com os amigos e conhecer pessoas. Em uma dessas noites que ela se envolve com John. O que era para ser só uma noite acaba ficando mais complicado quando ela descobre que ele faz intercâmbio no colégio dela… e do ex. Lola não quer se envolver, mas é difícil ignorar John, com todo aquele charme canadense. E quando tudo parece ter se alinhado, treze segundos são suficientes para mudar drasticamente a vida da garota. 13 segundos é um livro potente, que dialoga com os julgamentos que mulheres jovens enfrentam cotidianamente simplesmente por buscarem serem livres, por quererem ser elas mesmas.

Número de páginas: 304 páginas
Editora: Galera
Classificação Indicativa: +14

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário