[RESENHA] Casamento para Um - Ella Maise
Home Autora Ella Maise [RESENHA] Casamento para Um – Ella Maise

[RESENHA] Casamento para Um – Ella Maise

por Karine Fernandes
49 visualizações
Me rendi, enfim eu me rendi e fui ler um livro da Ella Maise, eu sei que muitas pessoas conhecem e mais do que indicam, mas eu sempre tenho medo de ler um livro que todos indiquem eu ir com grandes expectativas e me decepcionar completamente.
Bom, dito isso, hoje vamos conversar brevemente sobre Jack e Rose. Um casal com nome mais do que clichê, mas com uma história que sim, teve um final feliz já adianto.
Jack é um advogado sócio de uma das maiores firmas de New York, tem tudo que precisa na vida, mas ele quer mais. Aparentemente ele precisa de mais e esse mais tem nome: Rose.
Bom, tudo começa quando Rose chega em sua firma para uma reunião de leitura de testamento já que seu tio acabou de falecer e ela não tem mais parente nenhum vivo e ela espera conseguir algo que seu tio havia lhe prometido em vida, uma loja, sua sonhada loja.
Mas para sua surpresa assim que chega ao escritório ela dá de cara com Jake que já leu o testamento e antes que ela participe da leitura oficial precisa propor algo para ela, e esse algo é um casamento. Isso mesmo, o fato é que nesse testamento Rose só terá direito a loja que poderá se tornar sua cafeteria dos sonhos se ela estiver casada, e mesmo assim a loja não será dela e sim do marido, o que deixa ela bem transtornada e confusa, pois Jack está ali empenhado para que ela aceite a proposta de um casamento falso que dure por dois anos, e ai termino do tempo ela poderá ficar com a loja e ele com um apartamento que também foi “deixado” para ela.
Perguntas são feitas e respostas mal elaboradas são dadas, Jack é um homem muito fechado, mal humorado e arrogante, já Rose é uma mulher meiga e dócil que sempre vê um labo bom nas coisas e que sempre ralou muito para ter sua sonhada cafeteria. Então a surpresa é grande quando descobre que para que o sonho se realize ela provavelmente tenha que se casar com aquele estranho que não está pedindo absolutamente nada exorbitante.
O clichê é óbvio, mas sinceramente, eu amo um bom clichê e conhecendo mais afundo a história de Rose e Jack eu me diverti muito, e claro teve momentos que meu coração ficou na boca. Me apaixonei? Perdidamente, simplesmente adoro um homem carrancudo e que ao longo da história vai amadurecendo e evoluindo.
Rose com sua alegria contagiante e determinação mostra um lado que muitas pessoas perderam ao longo da vida, a empatia. No fim eu não quis aceitar o fim. Não que fosse ruim, pelo contrário foi absolutamente lindo, é só que eu não queria dar adeus, eu não queria que tivesse acabado.
Uma escrita que quando você senta para ler não vê a hora passar, não quer largar, cada página é uma nova surpresa e eu tenho que dar o braço a torcer, realmente essa autora é sensacional, ao ponto que agora quero ler tudo dela, sem exceções. Tudo nesse livro ficou lindo, com exceção da capa, sério eu me vi várias vezes lendo as páginas, olhando para ela e procurando o porque dela. A capa não é agradável, no entanto, se tornou o de menos, pois o que importa é a história, mas se algo pudesse ser mudado, sem dúvidas seria a capa.
Fora isso, está tudo mais do que perfeito e eu só posso pedir para que todos leiam, se apaixonem por Jack e Rose e saibam que nessa história como já disse, teremos um final lindo e feliz.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.1

Ficha Técnica

Eu e Jack fizemos tudo ao contrário. No dia que me atraiu para seu escritório – e que também foi o dia que nos conhecemos –, ele me propôs casamento. Qualquer um pensaria que um cara como ele – talvez um pouco frio, mas de uma beleza impressionante e muito inatingível – só faria esse tipo de proposta ao amor da sua vida, certo? Qualquer um pensaria que ele deveria estar loucamente apaixonado.
Não. A proposta foi feita a mim. Uma completa estranha, que nunca tinha ouvido falar dele. Uma estranha que fora dispensada pelo noivo algumas semanas antes. Qualquer um pensaria que eu iria rir na cara dele, chamá-lo de louco – e alguns outros nomes – depois ir embora o mais rápido possível. Bem… eu fiz todas essas coisas, exceto a parte de ir embora.
Demorou apenas alguns minutos para me convencer a aceitar o negócio… Bem, quero dizer, casamento, e apenas alguns dias para oficialmente nos enlaçarmos. O dia mais feliz da minha vida. Mágico. Regado a champanhe… Não. Foi o pior dia. Jack Hawthorne não era nada do que eu queria para mim.
Eu o culpei pelo meu lapso de julgamento. Culpei seus olhos, em um tom de oceano, que olhavam diretamente para os meus sem desculpas, e aquela carranca em seu rosto pela qual eu não tinha ideia de que ficaria tão fascinada com o tempo.
Pouco depois de ele dizer que eu era o maior erro da sua vida, as coisas começaram a mudar. Não, ele ainda não falava muito, mas qualquer um é capaz de proferir algumas palavras. Suas ações falaram mais alto para mim. E, dia após dia, meu coração começou a ter vontade própria.
Em um segundo, ele não era ninguém. No próximo, ele se tornou tudo.
Em um segundo, ele era inatingível. No outro, parecia ser completamente meu.
Em um segundo, pensei que estávamos apaixonados. No outro, não passava de uma mentira.
Afinal, eu era Rose, e ele era Jack. Estávamos condenados desde o início com esses nomes. Quem poderia esperar mais alguma coisa?

Número de páginas: 400 páginas
Editora: Charme
Classificação Indicativa: +18

Talvez você goste

Deixar um comentário