[RESENHA] Destino - Trinity #05 - Audrey Carlan
Home Autora Audrey Carlan [RESENHA] Destino – Trinity #05 – Audrey Carlan

[RESENHA] Destino – Trinity #05 – Audrey Carlan

Por Yukie
0 Comentário
Destino o último livro da série Trinity e o achei lindo, quente e me deixou com misto de sentimentos conflitantes.
Logo no início, quando peguei o livro para ler, acreditei seriamente que choraria e sofreria muito, principalmente por tudo o que a Kat passou e com toda a situação que Carson estava por conta do afastamento da Kat, mas o livro acabou indo por um caminho completamente diferente e apesar de compreender o receio da Kat, acabei ficando irritada com algumas atitudes dela e pela primeira vez me vi “defendendo” o Carson.
Depois de um atentado contra a vida de Kat, vimos uma mulher viva se definhar por conta do trauma, cicatrizes, dores e tratamentos. Ela se afastou de tudo e todos praticamente e preferiu se terminar algo bom porque o “seu homem” nunca disse que a amava. Apesar de antigamente ela ter sido uma mulher que demonstrava ser segura, as atitudes dela, mesmo antes do incêndio, demonstrou que ela era só uma mulher com pouca confiança.
Depois de um longo tempo longe, aceitar estar com Carson foi algo “difícil” para ela. Kat precisou construir a confiança e a segurança para que pudesse estar ao lado dele.
Carson sofreu muito após a “perda” de Kat. Ela preferiu se afastar dele e em meio a sua dor, ele acabou tendo algumas aventuras e depois de um longo tempo, uma notícia veio para mudar sua vida.
Lidar com Misty e conhecer Cora foi uma reviravolta em sua vida, principalmente quando uma nova chance com a mulher de sua vida ressurge e grandes complicações começam a surgir.
Ele está disposto a lutar por ela. Ela está disposta a dar uma chance a eles, mas será que serão capazes de enfrentar os problemas que irão surgir?
Acho válido ressaltar que o lado inseguro da Kat me tirou do sério. Apesar de compreender o motivo, a necessidade dela de ouvir um “eu te amo” do Carson foi bem chato, principalmente depois de ver como ele demonstrava esse sentimento. Ele foi carinhoso e atencioso do começo ao fim, e sinceramente, Carson é um homem incrível e me conquistou, além de me fazer arrancar suspiros por ele.
A história toda tomou um rumo inesperado para mim. Acreditei que mostraria o sofrimento da Kat para se recuperar, o processo todo, mas acabou focando na “construção” do relacionamento deles com uma nova vida e com uma maluca perseguidora.
Apesar de ter achado esse um dos melhores livros entre todos da série, não foi o meu preferido da vida. Ajudou a história ter sido contada em primeira pessoa e em intercalar os pontos de vista, mas senti que faltou trabalhar mais em algumas coisas, como a personalidade de Kat.
Fora isso, achei um bom livro. A leitura fluiu muito bem, a capa é bonita, principalmente por manter a mesma identidade visual das anteriores, ter uma boa diagramação e revisão, e não posso esquecer que o Carson foi o ponto positivo de tudo, mesmo o achando meio ingênuo demais!
Com uma dose de cenas quentes, o livro é uma boa leitura para quem quer sair da ressaca. Digo isso com convicção, porque foi ele quem me tirou da ressaca literária e agradeço imensamente por isso.
A série em si é boa. Além de tudo, temos uma boa dose dos casais dos livros anteriores e nos mostrou uma boa perspectiva da vida dessa “família” maravilhosa. Eu recomendo a leitura, mas sim, precisa ler os livros anteriores, porque vai pegar spoilers do que ocorreu para chegar onde chegamos.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.4

Ficha Técnica

O último livro da série Trinity, da mesma autora de A garota do calendário. Poucas pessoas podem dizer que foram queimadas pelo destino. Kat é a exceção. A irmã de alma de Gillian foi escaldada em sentido emocional e físico e hoje tem cicatrizes recobrindo parte do corpo. Os médicos fizeram o possível para amenizar as marcas em sua pele, mas até a medicina tem suas limitações. Além disso, o que não pode ser visto não pode ser curado. O incêndio daquela noite tirou de Kat muito mais que a maciez da pele. Arruinou sua profissão, maculou sua beleza e, acima de tudo, destruiu seu relacionamento com Carson. Agora, três anos depois, Kat está um pouco melhor, por fora e por dentro também, mas ainda sofre pelo homem que deixou partir. Até hoje Carson a olha com um brilho tão intenso nos olhos que ilumina tudo ao redor. E ela teme ser novamente consumida pelas chamas, embora de outra espécie… O problema é que Carson cansou de esperar e está com outra mulher. Será tarde demais para Kat lutar por ele? Agora há somente uma coisa que Kat pode fazer: deixar o destino decidir.

Número de páginas: 252 páginas
Editora: Verus
Classificação Indicativa: +18

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário