[RESENHA] Doce Tentação - K. Bromberg
Home Autora K. Bromberg [RESENHA] Doce Tentação – K. Bromberg

[RESENHA] Doce Tentação – K. Bromberg

por Yukie
935 visualizações
Doce Tentação é aquele livro fofo, com uma boa dose de erotismo, romance, problemas e fofocas.
Saylor é uma mulher que está se reerguendo. Terminou um relacionamento longo, acabou com um noivado e agora está reconstruindo sua vida com coisas que sempre gostou, mas que seu ex e a família dele “a limitava”. Abrir seu próprio negócio foi um enorme passo, fazer seus doces está sendo seu sonho, porém, depois de receber um convite de casamento inusitado, Saylor precisa analisar como está sendo sua vida e decidir se irá mesmo a este casamento, e se for, de acordo com o seu irmão e melhor amigo, ela precisa de companhia, só não esperava que seu irmão trouxesse alguém de seu passado para ajudá-la a passar por isso.
Hayes é um ator famoso que está com sérios problemas. Sendo “vítima” de fofoca dos paparazzis e deixando elas acontecerem por “ser o melhor na atual situação”, receber uma mensagem de seu amigo e irmão da garota pelo qual ele foi apaixonado na adolescência foi algo inesperado, porém ele sabe que tem uma dívida a pagar com o Ryder e ajudar Saylor acabou sendo mais do que “um trabalho”, mudou sua vida, novamente.
Quando adolescente ele partiu e quebrou o coração de Saylor, agora quando adulto, ele a quer de volta. Depois de conhecer a mulher que ela se transformou, ele a deseja em sua vida, mas para isso eles irão precisar passar por diversos problemas, entre eles o segredo que Hayes carrega e os paparazzis que o perseguem e divulgam qualquer coisa, sendo verdade ou não.
Dez dias. Ele tem somente dez dias para corrigir os erros e consertar os problemas e assim, talvez ter a sua garota de volta.
Essa com certeza é uma história doce. A autora soube nos cativar com a personalidade de Hayes, apesar de nos fazer sentir raiva por suas decisões passadas. Porém, o homem e ator atualmente acaba por cativar. Ele enxerga seus erros e ele quer consertar. Em Hayes conseguimos ver um homem doce, determinado, romântico e até mesmo sonhador.
Já em Saylor, inicialmente vemos uma mulher “quebrada”, porém com uma força incrível e muito criativa. Vivendo por tanto tempo em um relacionamento que a “reprimia”, ela acabou se tornando alguém meio que séria e fechada. No entanto, com a volta de Hayes, aos poucos vamos vendo uma Saylor mais sorridente, confiante e espontânea.
Como a história é contada por ambos os pontos de vista, conseguimos aos poucos pegar as personalidades verdadeiras de ambos os personagens e acabar criando um enorme carinho por eles.
Outra coisa que adorei demais no livro foi a forma como o Hayes se comunicava com a Saylor. Usando as redes sociais, as cantadas idiotas, mas fofas, as mensagens e os presentes, me vi desejando esse homem em minha vida.
Também temos aquele tipo de situação “clímax” que te deixa ansiosa, mas ao mesmo tempo confiante. Não precisou fazer com que os personagens se separassem por muito tempo para conseguirem chegarem a um acordo, mas sim mostrar que se existe confiança e desejo de vencer, então existe um jeito de passar por cima dos problemas.
Além disso tudo, temos uma capa, para dizer o mínimo, muito sexy. Imaginei muito o Hayes com essa capa. A diagramação do livro físico está ótima, mas em e-book, as “conversas” acabaram ficando pequenas para serem lidas, não impossível de se ler, mas mesmo assim. Já a revisão, precisa de uma revisão final. Erros bobos estão ali, mas nada que atrapalhe a leitura.
De forma leve a cativante, eu simplesmente adorei esse livro e me pergunto o motivo de eu ter demorado tanto para ter lido. Tem tudo o que amo em uma história na dosagem certa. Seja o romance, a intriga, o amor acontecendo no momento e de forma “certa” (ou seja, nada muito rápido), o sexo, os problemas e o amadurecimento.
Eu sinceramente acho que se você deseja ler algo gostoso, precisa conhecer Doce Tentação.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.9

Ficha Técnica

Uma história de segunda chance para o amor da autora da série Driven e Best-seller do The New York Times.
Tudo começou com o convite. Para o novo casamento do meu ex-noivo.
Deveria tê-lo ignorado. Jogado fora ou ateado fogo. Mas não fiz nada disso. Eu respondi dizendo que iria e levaria um acompanhante. E então, acidentalmente, minha assistente o enviou pelo correio. É aí que Hayes Whitley entra em cena. Estrela de cinema. O homem que conquistou o coração de milhões de pessoas. Entreguei o meu a ele há anos. Ele foi meu primeiro amor. Era meu tudo. Bem, até ir embora para correr atrás dos seus sonhos sem nem me dizer adeus. Quando ele apareceu, do nada, dez anos depois, eu deveria ter me afastado dele. Deveria ter rejeitado sua oferta para me levar ao casamento do meu ex. Nunca deveria ter permitido que ele me beijasse. Mas não fiz isso. E agora, ficamos nos perguntando se os fragmentos de vida que compartilhamos ainda se encaixam de alguma forma. O primeiro amor é difícil de esquecer. A questão é: será que queremos esquecer? Ou devemos arriscar e ver o que acontece depois?

Número de páginas: 392 páginas
Editora: Allbook Editora
Classificação Indicativa: +18

Talvez você goste

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »

Neste site, usamos ferramentas próprias ou de terceiros que armazenam pequenos arquivos (cookies) no seu dispositivo. Os cookies são normalmente usados ​​para permitir que o site funcione corretamente (cookies técnicos), para gerar relatórios de uso de navegação (cookies de estatísticas) e para anunciar adequadamente nossos serviços / produtos (cookies de perfil). Podemos usar cookies técnicos diretamente, mas você tem o direito de escolher se deseja ou não ativar os cookies estatísticos e de perfil. Habilitando esses cookies, você nos ajuda a lhe oferecer uma melhor experiência.