[RESENHA] Haniel - A Tríade #01 - Katherine Laccom't
Home Autora Katherine Laccom't [RESENHA] Haniel – A Tríade #01 – Katherine Laccom’t

[RESENHA] Haniel – A Tríade #01 – Katherine Laccom’t

Por Yukie
0 Comentário
Haniel é o herdeiro Saints e tão maravilhoso quanto o seu pai e seus tios.
Apesar de ter sentido uma certa raiva de algumas atitudes do Haniel, no final ele conseguiu me conquistar.
Haniel sempre soube que iria herdar o “trono” dos Saints. Um homem que respeita a família, mas ama a liberdade, ele não deseja se prender a ninguém no momento, mas por questões “estratégicas” ele se vê com uma noiva que não gosta e que não o suporta.
Mairheen faz parte da máfia. Apesar de não estar tão presente neste mundo, ela sabe quem é e de onde veio. Carinhosa na medida certa, ela não leva desaforo para casa, além de amar sua família. Sendo uma boa médica, ela está vivendo “bem”, mas tudo vira de cabeça para baixo quando o anuncio de seu casamento com nada menos que o “prostituto” Saints é jogado em sua vida.
Aprender a lidar com esse arranjo muda a vida dos dois.
Entre brigas, o medo do desconhecido, o perigo e as mudanças, esse casal começa a se conhecer e se aproximar, junto com isso o sentimento começa a nascer, mas o perigo ainda ronda esse casal e toda a família, e os Saints precisam descobrir quem são os culpados antes que seja tarde demais.
A primeira coisa que posso dizer é que Haniel foi bem hipócrita. Ele é um bom homem, maravilhoso quando se entrega e apaixonado pela família, qualidades que assumo, o torna incrível, mas em determinados momentos ele acabou me tirando do sério. E acho válido ressaltar que os “relacionamentos carnais” além do casal foi bem desnecessário para a história. Páginas que poderiam ter trabalhado os problemas que os Saints e a máfia estão enfrentando foi usado “de forma desnecessária” e não gostei disso.
Mairheen é uma boa mulher. Ela não se “envolve por envolver”, sinceramente aparenta demonstrar estar sim a espera de um príncipe encantado, mas ela tem os pés no chão e achei isso um ponto forte na história. Apesar de ter sentido falta da “presença” dela no quesito saber ser visível (alguém com uma presença forte, creio eu), ela mostra que sabe o que quer e quando quer de uma maneira mais “sutil”.
No geral a história é boa. Faltou a presença dos problemas, algo que diferentemente dos primeiros livros, ficou apagado por conta da evolução do casal.
Fora isso, o erotismo se faz presente, o amor deles evolui de forma lenta e o mais importante, a escrita da autora te prende do começo ao fim.
A capa do livro, sendo bem sincera é mais bonita que as anteriores. Não ter ficado tão “escuro” e mostrar que foi mais “trabalhada” foi um ponto positivo. A diagramação também foi outra coisa que achei linda, mas faltou uma revisão final. Poucos e pequenos erros, mas presentes. Porém, importante ressaltar que são erros que não atrapalha a leitura.
É uma boa história, mas que sim, poderia ter sido melhor. Por eu já ter lido os anteriores fica bem difícil não comparar e de todos, esse foi o mais fraco até agora, mas não o menos apaixonante.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.3

Ficha Técnica

Haniel (A Tríade Livro 1) por [Laccomt, Katherine]Pertencer a uma das famílias mais importantes do mundo, não é fácil. E é ainda mais complicado quando se pertence ao submundo do crime. Para os de bem, a nova geração Saints é obscura e inescrutável. Para os de mau, eles são a realeza do crime organizado. Antes, os herdeiros Saints eram apenas descendentes da máfia, até que situações durante as suas adolescências fazem com que a nova geração comande a máfia.
Haniel Saints é um excelente médico de sorriso fácil e bom humor, venera a sua família e tem muitos amigos, mas não se enganem, sob essa fachada há um ser tão frio e mortal quanto um homem pode ser. Seu objetivo de vida é retardar sua herança e curtir a vida ao máximo.
Mairheen MacNamara é uma daquelas boas moças, sensíveis e compreensivas que colocam o bem-estar do próximo acima do seu. Apesar de ter nascido no berço da máfia irlandesa, mantém-se longe. Afinal, não compactua com os ideais que esse clã defende.
Renegando ou não, ambos pertencem ao submundo e uma ameaça paira sobre ambas as famílias fazendo com que se unam. Não importa qual máfia, a regra é clara: alianças são cingidas com matrimônios. Eles se detestam, mas no que depender das famílias, se detestarão casados e na mesma casa para um bem maior. Esses são os herdeiros Saints e não sabemos como será sua história de amor.

Número de páginas: 209
Editora: 3DEA
Classificação Indicativa: +18

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário