[RESENHA] Keela: Um romance dos Irmãos Slater - Irmãos Slater #2.5 - L.A. Casey
Home Autora L.A. Casey [RESENHA] Keela: Um romance dos Irmãos Slater – Irmãos Slater #2.5 – L.A. Casey

[RESENHA] Keela: Um romance dos Irmãos Slater – Irmãos Slater #2.5 – L.A. Casey

Por Yukie
0 Comentário
Keela é mais um livro dos Irmãos Slater e sinceramente foi o mais “leve” de todos no quesito problemas.
Depois de tudo o que Keela viveu em sua “viagem” com o Alec, ela está sendo assombrada em seus pesadelos. “Reviver” tudo o que aconteceu com o seu noivo a está atormentando, mas ela continua fingindo que está tudo bem. Não quer ferir Alec com o que a assombra e tudo começa a piorar dentro de sua mente quando a decisão de morarem juntos acaba acontecendo, e com a ajuda da família a mudança começa.
Adorei o fato de a família ajudar, assumo. As coisas ficam malucas, algo bem esperado para essa família, o que arrancou risos e momentos maravilhosos.
Nessa história vemos uma mulher que, acreditei verdadeiramente ser mais madura do que ela apresentou. Keela mostrou-se bem mais infantil do que achei que ela seria e do que ela apresentou no livro anterior.
Alec é imaturo. Desde o começo ele se mostrou ser assim., no entanto, o vemos amadurecendo ao longo desse conto e eu realmente apreciei isto.
Assumo que a Keela também mostrou que começou a amadurecer. No começo me irritei imensamente com ela e apesar da pressão de Alec em alguns aspectos, Keela conseguiu mostrar que ela estava disposta a melhorar, tanto que foi procurar ajuda, isso foi outro ponto que me fez mudar a opinião sobre ela.
Acredito que vemos um foco bem grande no amadurecimento deste casal. Ambos se mostraram “crescendo” ao longo das descobertas e mudança de vida.
Outra coisa que adorei foi a união familiar. Uma coisa que aprecio imensamente nesta família é a união entre eles. Um cuidando do outro e todos estão juntos sempre, seja para a coisa boa ou a coisa ruim.
O lado ruim, além da personalidade dos personagens, são algumas falas forçadas. Amo a escrita da autora, mas teve alguns momentos que acabou ficando meio sem lógica.
Fora isso, amei o livro. Amo a família. Adorei a capa, combinou perfeitamente com os outros livros. A diagramação também está ótima, mas faltou uma revisão final. Não atrapalhou a leitura, mas estão lá.
Eu gostei do livro, não é o melhor de todos, mas é bom. Tem erotismo, romance e amadurecimento. Se você leu os livros anteriores, vale a pena ler este também.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.4

Ficha Técnica

Keela Daley está estressada com pesadelos e lembranças de um passado recente. Eles a assombram. Ela não tem tempo para pensar neles enquanto se muda do seu minúsculo apartamento para sua enorme casa com seu noivo. Mudar de casa é uma tarefa chata, e Keela adoraria se as coisas fluíssem de forma silenciosa e tranquila, mas quando você está noiva de um irmão Slater, nada acontece silenciosa ou calmamente. Nada. Alec Slater ama sua mulher. Ele também adora fazer joguinhos e surpreendê-la. Escolher o dia da mudança para fazer as duas coisas acaba sendo uma falha de proporções épicas. Alec quer compensar Keela por seus erros, mas conforme o dia passa, e as coisas vão de mal a pior, ele não sabe se viver com ele é algo que ela ainda queira. O que começou como um simples dia de empacotar e mudar de casa se transforma no dia do Inferno. Convidados indesejados. Propostas de negócios. Álcool. Testes de gravidez. Ataque de pânico. Briga. Discussão. Sexo e tudo o mais que é louco e representa tão bem o nome Slater. Keela tem uma decisão a tomar, e não a fará com o ânimo leve. Keela adora Alec, e o que Keela adora, Keela cuida.

Número de páginas: 128 páginas
Editora: Bezz
Classificação Indicativa: +18

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário