[RESENHA] Ligados Pela Honra - Born in Blood Mafia Chronicles #01 - Cora Reilly
Home Autora Cora Reilly [RESENHA] Ligados Pela Honra – Born in Blood Mafia Chronicles #01 – Cora Reilly

[RESENHA] Ligados Pela Honra – Born in Blood Mafia Chronicles #01 – Cora Reilly

Por Yukie
0 Comentário
Ligados Pela Honra é aquele livro de mafioso que você quer devorar e ainda tem uma boa dose de erotismo, só para ajudar a me fazer adorar esse livro!
Aria é nascida na máfia, mas uma garota doce e apaixonada por sua família, principalmente pelos seus irmãos. Ela sabe que uma hora teria de se casar com alguém escolhido por seu pai, mas ela não esperava que seu marido fosse apresentado “tão cedo” e nem que ele fosse o futuro chefe da máfia “inimiga”.
Luca é um homem frio e um assassino cruel. Ele sempre soube que não se casaria por amor, nem tinha esse desejo. Quando a necessidade de aliança se torna necessária e ele é informado que já tem uma futura esposa, as coisas para ele começam a mudar, principalmente após o casamento e o convívio com a sua esposa.
Luca inicialmente se mostra uma enorme contradição. Você o vê como um homem frio, arrogante e sem coração, mas algumas atitudes dele logo de cara já mostra que ele não é tão horrível como tenta demonstrar. Queria, de verdade que tivesse mostrado mais do Luca. O “lado sombrio” dele poderia ter sido mais trabalhado e com certeza mostrado mais da personalidade dele.
Aria é aquela garota “inocente”, mas ela é alguém forte e decidida, e você vai descobrindo isso ao longo da história. Ela protege quem ama e apesar de inicialmente eu ter ficado confusa com as atitudes dela, principalmente por ter sido nascida e criada na máfia, as coisas vão ficando mais claras em alguns pontos. Achei que precisou trabalhar mais a personalidade de Aria, principalmente no quesito “amadurecimento”, mas ela não é uma mulher insuportável que me faça querer jogar o livro pela janela.
Senti falta também de mostrar os “conflitos” da máfia. Fora isso, a história é muito boa! Tem mais livros e vi que não são com os mesmos casais, mas creio que esse lado da máfia vai ser trabalhada.
Outro ponto que me agradou foi a relação deles. A forma como a autora desenvolveu o relacionamento deles de uma maneira “lenta”. Ela foi sendo construída e achei isso muito maravilhoso! Não partiu logo para o erotismo e a “paixão avassaladora”, mas foi algo crescendo.
A capa do livro é bonita, não maravilhosa. Não achei atrativa, apesar de combinar com a temática. No entanto, a diagramação e revisão não deixaram a desejar e isso foi mais um ponto positivo.
No geral o livro é bom. A leitura fluiu de forma rápida e gostosa, seja por conta da escrita da autora como o cuidado da editora com a revisão e diagramação. Tem erotismo, tem “tiro, porrada e bomba”, tem paixão, amor e problemas.
Já quero ler o próximo? Com toda a certeza!
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.7

Ficha Técnica

Nascida em uma das principais famílias da máfia de Chicago, Aria Scuderi luta para encontrar seu próprio caminho em um mundo onde não há escolhas.aos quinze anos, ela foi escolhida para ser a aliança que uniria duas das maiores máfias americanas, casando-se com ninguém menos que ‘o vice’, Luca Vitiello, o próximo capo da máfia de Nova Iorque. Agora, aos dezoito, o dia que ela mais temia se aproxima: o do seu casamento. Apesar da fama que seu futuro marido carrega, e do medo que ele causa nela, Aria sabia que não tinha escapatória, e teria não só que se casar com um homem implacável, como que conviver com pessoas que até bem pouco tempo eram inimigas declaradas de sua família.mas o jeito de predador alfa de Luca provoca nela um conflito interno; sentimentos novos; desejos sensuais e uma grande dúvida: seria aquele homem conhecido por não ter um coração capaz de amar?

Número de páginas: 204 páginas
Editora: Bezz
Classificação Indicativa: +18

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário