[RESENHA] Luz, Câmera e Amor – Aline Sant’Ana
Home Autora Aline Sant'Ana [RESENHA] Luz, Câmera e Amor – Aline Sant’Ana

[RESENHA] Luz, Câmera e Amor – Aline Sant’Ana

Por Ana Carolina
0 Comentário
Em Luz, Câmera e Amor, vamos conhecer Evelyn Henley. Uma jovem atriz que ama a sua profissão mais que qualquer coisa na vida.
E é por esse amor que ela está bastante alvoroçada porque acabou de receber o maior papel da sua carreira, a oportunidade perfeita para qualquer atriz: será a protagonista principal do filme que foi inspirado em um lindo romance de uma autora best-seller chamado Recorde-se antes de eu partir.
O ator escalado para ser seu par romântico é Chuck Ryder, o problema é que a nossa mocinha já tem um conceito formado sobre esse ator e não é nada positivo. A impressão que ela tem é que em todos os filmes que o ator atuava, ele era péssimo e parecia um robô sem sentimentos.
Porém, Chuck não foge de um desafio e quando Evelyn com toda sinceridade do mundo joga na cara dele que o acha um péssimo ator, ele aceita na mesma hora a proposta do teste, e se não desse certo, um dos dois iria abdicar do papel. O que ninguém imagina, muito menos Evelyn é que por trás desse tipo de ser frio e sem sentimentos nenhum, Chuck esconde um segredo que não pode de jeito nenhum ser descoberto pela mídia, pois isso seria a sua ruína.
Toda a história se passa no período de um ano, onde iremos acompanhar as gravações do filme no qual os protagonistas irão atuar. O que posso adiantar e que com certeza deixa a leitura muito mais interessante é que temos a impressão de que estamos nos bastidores acompanhando tudo de perto.
Enfim, é justamente durante as gravações que Evelyn irá se dar conta que nem tudo que vemos é a realidade e que a sua opinião pode mudar a todo instante. Durante o tempo que estão gravando, podemos a amizade entre Evelyn e Chuck nascendo e crescendo aos poucos, assim como o romance vai surgindo, porém, como nada que é muito dura muito tempo sem problemas, o passado de Chuck poderá vir à tona, pondo em risco, tudo isso.
Como em todos os livros da Aline, temos um romance incrível, além de contar com personagens bem construídos. Adorei a personalidade da Evelyn. Uma mulher que corre atrás do que quer e não poupa ninguém com a sua sinceridade acima de tudo, algo que poderia desagradar, mas que mesmo assim a torna maravilhosa!
Chuck apesar de ser um pouco arrogante, me conquistou imediatamente e por fim, mediante seu segredo, é possível compreender seu jeito devido à situação que estava passando. A narrativa fácil, rápida e envolvente, marca registrada da autora.
Um livro recheado de ação, suspense, revelações, cenas engraçadas e um romance arrebatador, além de haver momentos hot e de nos fazer apaixonar.
Não é novidade nenhuma que sou uma grande fã da Aline e da Editora Charme, e juntas fizeram um excelente trabalho! A capa é lindíssima e tem tudo a ver com a história, um enredo muito bem construído, não encontrei nenhum erro ortográfico, diagramação impecável e uma arte muito bem-feita.
Se você é fã de romances clichê (e se não for também rs), recomendo a leitura desse livro!
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4.7

Ficha Técnica

Sou Evelyn Heyley, atriz de Hollywood, e você provavelmente já ouviu meu nome em algum lugar. Batalhei anos para consolidar minha carreira e me orgulho muito de todos os projetos que abracei com amor.
Mas, agora… estou prestes a receber a oportunidade da minha vida: um longa-metragem inspirado no romance da autora bestseller Shaaron W. Rockefeller.
E é claro que vão me dar um par romântico incrível. Provavelmente um nome que Hollywood ama, como o Thor, da Marvel, ou até o novo James Bond.
Ao menos, era o que eu esperava.
Assim que a porta da sala de reunião se abriu, revelando o rosto estupidamente bonito daquele ator, com um perfume impactante e uma beleza digna de irritar os deuses, eu soube que meus planos tinham ido por água abaixo.
O que era a minha chance do Oscar acabou se tornando um desastre cinematográfico.
Chuck Ryder. Ou você pode chamá-lo de o meu pior pesadelo.

Número de páginas: 264 páginas
Editora: Charme
Classificação Indicativa: +18

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário