Home Autora Stephanie Moulton Sarkis [RESENHA] O Fenômeno Gaslighting: Saiba como funciona a estratégia de pessoas manipuladoras para distorcer a verdade e manter você sob controle – Stephanie Moulton Sarkis

[RESENHA] O Fenômeno Gaslighting: Saiba como funciona a estratégia de pessoas manipuladoras para distorcer a verdade e manter você sob controle – Stephanie Moulton Sarkis

by Ana Carolina
Confesso que foi um pouco difícil e muito interessante, ao mesmo tempo ler e fazer a resenha sobre esse livro, pois além de ser um tema bem complexo, foge completamente do que eu estou acostumada a ler. Mas no fim, tive a grata surpresa de me interessar tanto pela temática abordada que não consegui largar a leitura nem por um momento.
O livro aborda o tema Gaslighting, um “fenômeno” de forma de violência psicológica, na qual o (a) manipulador (a) utiliza-se de distorções, omissões e mentiras com o intuito de testar a sanidade mental e as convicções de alguém. As vítimas do Gaslighting, têm suas concepções de realidade ameaçadas por incessantes questionamentos e desmandos por parte de maridos ou esposas, chefes e amigos que mentem e manipulam a verdade que as rodeiam. O (a) abusador (a) quer de toda a forma ver o sofrimento do outro e consolidar uma relação de dependência.
O livro foi escrito pela Stephanie Moulton Sarkise, Ph.D. em Comportamento e Saúde Mental, nele encontraremos diversos casos reais que foram praticados em ambientes familiares, no trabalho, com amigos e acreditem, até mesmo por figuras públicas durante o exercício de suas funções com base na defesa de seus interesses, além de conhecermos todos os casos, o livro também nos ajuda a identificar e lidar com determinadas situações e como não cair na lábia dos manipuladores.
Um dos exemplos clássicos citados no livro, são os relacionamentos abusivos, onde a intenção do agressor é fazer com que a vítima se torne extremamente dependente dele e nos discursos de ódio, a vítima é completamente desmoralizada pelo outro, tudo isso no intuito de ser ter o domínio psicológico.
Resumindo, quem pratica Gaslighting, pode ser qualquer pessoa próxima a você, um namorado controlador, um amigo que não admite que você esteja melhor que ele, ou até mesmo um colega de trabalho que quer levar o crédito de algo que não foi ele quem realizou, a intenção do agressor é sempre é sempre minimizar a segurança da vítima para que esta enxergue a realidade de uma maneira deturpada.
O livro é extremamente inteligente e muito bem escrito, nos mostrando exatamente todos os casos, com depoimentos reais e com sábias dicas sobre como identificar um Gaslighting, não encontrei nenhum erro ortográfico, diagramação impecável, a capa é muito bem trabalhada e tem tudo a ver com a trama, se você desconfia que alguém assim, está dentro da sua zona de segurança ou se você que apenas a aprender a identificar os sinais para não cair em nenhuma cilada, recomendo muito a leitura, principalmente por ser extremamente educativo.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
5

Ficha Técnica

O termo gaslighting começou a ser utilizado para descrever fenômenos psicológicos que envolvessem manipulação de pessoas em meados da década de 1960. Esse fenômeno, que se sustenta por meio de mentiras e manipulações, tem o objetivo de alterar a percepção de realidade das vítimas, levando-as a questionarem suas memórias e até a própria sanidade. A Dra. Stephanie Sarkis, terapeuta especialista no assunto, apresenta as variadas facetas desse fenômeno, descrevendo o comportamento gaslighting em todos os cenários da vida, além da forma de reconhecer esses exímios manipuladores. Seja um cônjuge, namorado, pai, colega de trabalho ou amigo, os gaslighters distorcem a verdade mentindo, escondendo informações, colocando os outros contra você. O Fenômeno Gaslighting é um livro que coloca o tema em destaque, não apenas ajudando na identificação de vítimas de um gaslighter, como também apresentando ferramentas para que as pessoas possam se libertar dessa situação e seguir em frente sem traumas.

Número de páginas: 304 páginas
Editora: Cultrix
Classificação Indicativa: +16

Talvez você vá gostar

Deixe um comentário