Home Autora Liv Morris [RESENHA] Um Amor em Nova York – Liv Morris

[RESENHA] Um Amor em Nova York – Liv Morris

by Yukie
Um Amor em Nova York é um romance fofo, meio enrolado e um clichê bem gostoso!
Tessa é uma mulher que está em busca de emprego na “cidade grande”. Vinda do interior, ela é o tipo de pessoa “certinha demais”, sendo virgem e centrada, ela sabe que tem uma semana para encontrar um emprego e assim estabelecer-se em Nova York.
Hospedada em um hotel, ela acaba tendo um breve encontro com um belo homem, apenas de vista, porém depois disso as coisas mudam imensamente em sua vida e o que era só uma busca por emprego, acabou se transformando em algo maior e sentimentos que ela não conhecia, acabaram surgindo.
Barclay é um homem de negócios importante e centrado. CEO de uma editora, ele está focado no melhor para editora e consequentemente, faz tempo que não se envolve sentimentalmente com uma mulher, mas acaba sentindo-se atraído por uma mulher no restaurante do seu hotel. Uma mulher diferente de todas as que ele já conheceu, mas acredita nunca mais vê-la, até ela aparecer em sua empresa.
Duas pessoas diferentes, seja em personalidade, classe social e até mesmo idade.
Uma empresa que tem como regra não relacionamento entre funcionários torna o que já era complicado, pior ainda.
Primeiro, posso dizer que Tessa é muito inocente. Apesar de ter pensamentos um pouco “safado”, o lado inocente dela acabou por me fazer ficar irritada com ela em alguns momentos, porém em outros, amei essa mulher e a inteligência dela. Além de ser criativa, cativante, autêntica e determinada.
Barclay é um homem workaholic, querendo fazer o império do pai continuar vivo e crescendo, ele é determinado, inteligente, educado, carinhoso e muito certinho. O lado dele safado com certeza me atraiu muito, é aquela coisa “pensamentos safados, mas não precisei ser um idiota por conta disso”.
Como a história é contada por ambos os pontos de vista em primeira pessoa, foi possível acompanhar todo o drama da história de uma forma “completa”. No entanto, apesar de ser um clichê muito gostoso, em alguns momentos senti que ficou enrolado demais, principalmente porque o livro não tem grandes reviravoltas, então alguns pontos poderiam ter saído e outros entrado.
Além disso, o “diferencial” da Tessa para conseguir um emprego, acabou por ficando em segundo plano, mas que poderia ter sido mais bem trabalhado. A premissa dela é muito boa, só que ficou em terceiro plano (nem segundo eu digo, porque ele foi totalmente esquecido) e isso me desagradou um pouco.
Outra coisa que desejei para o livro foi um final melhor. Acabou que a história terminou de forma “repentina” e a meu ver, ficou bem aberto ali. Sim, deu um final para o casal? Deu, mas foi tão…. Corrido que acabou não me agradando.
Sobre a capa do livro, bem… A capa não é meu preferido, com certeza. Não digo que ficou horrível, mas algo mais elaborado poderia ter sido feito. No quesito diagramação, para um e-book está bom e posso dizer isso sobre a revisão também.
Por fim, posso dizer que é um clichê fofo, doce e sem muitas surpresas. É o tipo de livro para ler rapidinho numa tarde, com muito romance, um pouco de enrolação e uma pequena dose de erotismo.
  • Capa
  • Diagramação
  • História
  • Personagens
  • Revisão
4

Ficha Técnica

Um amor em Nova York por [Liv Morris, Cristiane Saavedra, Laura Machado, AllBook Editora, Carolina Caires Coelho]Um romance sensual e proibido da autora best-seller do USA Today, Liv Morris.
Aterrissei na cidade de Nova York com meu currículo e minha virgindade na mala. O currículo? Entregarei a qualquer homem na rua. A virgindade? Bem… Não vou me contentar com nada além de química intensa, e, até agora, ninguém tinha virado essa chavinha.
Até eu conhecer Barclay Hammond, CEO da editora de maior prestígio de Nova York e o solteirão mais cobiçado da cidade.
Ele é dominador.
Charmoso.
Bonito.
E meu novo chefe.
A atração forte entre nós não tem precedentes. Passamos muito tempo juntos trabalhando até tarde, e os olhares que ele lança a mim o tornam irresistível. Quero que seja ele, e ele também me quer…
Só tem um GRANDE problema. Dormir com o chefe é totalmente proibido na Hammond Press.
Quem imaginaria que perder a virgindade seria tão complicado?

“A química irresistível entre Barclay e Tessa cria um romance de abalar que você não vai conseguir parar de ler!” – Jana Aston, autora de Boa Garota.
“Um romance único e atemporal recheado de tensão sexual e personagens encantadores pelos quais você vai se apaixonar.” – Audrey Carlan, autora das séries Internacional Guy e A Garota do Calendário.

 

Número de páginas: 282 páginas
Editora: Allbook
Classificação Indicativa: +18

Talvez você vá gostar

Deixe um comentário