Top 5: Livros apaixonantes da Editora Charme
Home Autora Aline Sant'Ana Top 5: Livros apaixonantes da Editora Charme

Top 5: Livros apaixonantes da Editora Charme

Por Yukie
0 Comentário
Escolhemos aqui os 5 livros que mais amamos da Editora Charme!

Uma editora que trabalha com livros de romance, decidimos escolher alguns dos livros já lançados pela Editora Charme que entraram na lista de favoritos da vida!
Confira os 5 livros que mais amamos lançados pela editora.

Namorado por Acaso – Aline Sant’Ana
Contra fatos, não há argumentos.
Prova 1: Despedidas de solteiro são a porta de entrada para o inferno.
Prova 2: Uma boa dose de esquecimento depois da farra complicou ainda mais a minha situação.
Prova 3: Uma vizinha de porta de hotel, linda e louca, viu e ouviu tudo o que eu fiz na noite anterior. E, acredite, eu fiz muita merda.
Resultado: Eu estava condenado.

Só que sou advogado, entende? E, assim que a linda vizinha me mostrou que acreditava piamente que eu era a pior espécie de homem que pisou na face da Terra, precisei fazer alguma coisa para que entendesse que nem tudo era o que parecia.
Verdades ditas e uma proposta mais tarde… Bem, acho que agora posso me apresentar.
Prazer, eu sou o Hugo De La Vega, e vou te mostrar como um mal-entendido pode se tornar as melhores férias de nossas vidas.

Aluga-se Um Noivo – Clara de Assis
Nada poderia ter afetado tanto Débora Albuquerque quanto ter de enfrentar seu ex-namorado como padrinho de casamento do irmão. Como se não bastasse, acompanhado por sua nova namorada, ninguém menos que Letícia, a quem Débora um dia chamou de amiga.
A situação já parecia bastante ruim quando Débora teve a brilhante ideia de não ir à festa sozinha. Para isso, contratou um garoto de programa, Théo, para fingir ser seu namorado e juntos serem o casal mais feliz do mundo.
Por sorte, ou não, a inseparável melhor amiga de Débora, Carol, resolveu dar uma ajudinha, e o que antes era uma loucura tornou-se algo mais complicado do que nunca: Théo foi de namorado a noivo num piscar de olhos.
Débora estava disposta a pagar quanto fosse para não aparecer sozinha na festa.
Théo seria o namorado ideal: lindo, sofisticado, com sotaque italiano e extremamente sedutor.
O plano era perfeito… até Débora se apaixonar.

To Love Jason Thorn – Ella Maise
Jason Thorn… O amigo de infância do meu irmão.
Ah, como eu era perdidamente apaixonada por aquele garoto. Ele foi o primeiro menino que me fez corar, meu primeiro crush oficial. Parece lindo até agora, certo? Aquela empolgação que borbulha dentro de você, o famoso frio na barriga que você sente pela primeira vez ─ ele era o motivo de tudo isso. Mas você só consegue viver nesse mundo de conto de fadas até eles destruírem suas esperanças e sonhos e, depois, pisarem bastante em seu coração. E, cara, ele partiu meu coraçãozinho em pedaços.
Depois da destruição, ele se tornou o garoto que eu tentava ao máximo ficar longe ─ e deixe-me te dizer que era bem difícil fazer isso, já que ele dormia no quarto ao lado do meu.
Quando a tragédia atingiu sua família, eles se mudaram para longe, e eu estava pronta para esquecer que ele um dia existiu.
Agora, ele é um astro de cinema, aquele que faz mulheres de todas as idades gritarem histericamente e todo mundo desmaiar com o sorrisinho de covinha. Acha que isso é um sonho? Com certeza eu não acho que seja. E se eu ficar cara a cara com ele? Não, continua não sendo um sonho. Não quando não consigo nem olhar em seus olhos.
E quanto a mim? Eu sou Olive, uma nova escritora. Na verdade, eu sou a autora do livro que inspirou o filme que ele está prestes a estrelar. Como se não bastasse, também sou conhecida como a sortuda que está prestes a se tornar esposa de Jason Thorn.
Talvez você ainda esteja pensando que isso tudo é um sonho, certo? Não, não tem nada de sonhador nisso. Nem de perto.

Deixe o amor entrar (The Love Livro 1) por [Collins, Melissa]

Deixe o Amor Entrar – Melissa Collins
O que aconteceria se você perdesse tudo? Se as pessoas que deveriam amá-la incondicionalmente não existissem mais, como seu mundo mudaria?
Madeleine Becker perdeu tudo aos dez anos de idade quando seus pais morreram. Arrancada de sua casa e de tudo o que sempre amou, ela é forçada a recomeçar a vida. A única maneira de seguir em frente é bloquear o coração e manter todos a uma distância segura. Sua lógica: ela não se machuca se não se apaixonar.
Essa teoria vai pelos ares quando ela conhece Reid Connely, no primeiro ano de faculdade. Ele é lindo e sombriamente misterioso. E entende bem demais a dor de Maddy. Mas compartilhar a sua significa derrubar muros que ele mesmo ergueu em volta de seu coração. Em conflito entre amar Maddy e esconder o passado misterioso, Reid começa a reavaliar seu mundo. A força interior de Maddy, a personalidade espirituosa e a beleza de tirar o fôlego ajudam Reid a fazer as pazes com seu passado.
Juntos, eles descobrem o que acontece quando deixam o amor entrar.

Egomaníaco – Vi Keeland
Na noite em que conheci Drew Jagger, ele tinha acabado de invadir meu novo escritório na Park Avenue. Liguei para a polícia antes de atacá-lo com minhas novas habilidades de Krav Maga.
Ele me conteve com rapidez e depois riu, achando graça da minha tentativa de agressão.
Claro que meu invasor tinha que ser arrogante.
Mas, no fim, ele não era um invasor.
Drew era o proprietário legítimo do meu novo escritório. Ele estava de férias enquanto seu elegante espaço era reformado.
E foi assim que um golpista conseguiu me enganar alugando para mim o escritório que não estava realmente disponível para aluguel.
Perdi dez mil dólares.
No dia seguinte, depois de horas na delegacia, Drew ficou com pena e me fez uma oferta que não pude recusar: em troca de atender seus telefonemas enquanto sua secretária estivesse fora, ele me deixaria ficar até encontrar um lugar novo.
Provavelmente, eu deveria ter ficado agradecida e mantido a boca fechada quando ouvia o conselho que ele dava aos seus clientes. Mas não conseguia deixar de expressar minha opinião.
Nunca esperei que meu corpo reagisse toda vez que discutíamos. Principalmente quando parecia que era só isso que conseguíamos fazer.
Nós dois éramos totalmente diferentes. Drew era amargo, bravo, lindo pra caramba e destruidor de relacionamentos. E meu trabalho era ajudar as pessoas a salvar seus casamentos.
A única coisa que tínhamos em comum era o espaço que estávamos compartilhando.
E uma atração que estava sendo difícil de negar a cada dia que passava.

0 Comentário
0

Posts Relacionados

Deixe um comentário